Plantas de Interior


Não existe plantas de interior propriamente ditas. Todas em seu estado natural vivem ao ar livre. Umas simplesmente no solo puro, outras em semi-sombra e outras em sombra total; em climas frios, ou tropicais ou suaves, mas todas em liberdade. Independentemente disso, as plantas podem-se adaptar a ambientes mais fechados, como uma casa, se o ambiente for propício para elas.

Existem algumas variedades que durante o seu repouso vegetativo podem permanecer vários meses seguidos dentro de uma habitação sem que ele se ponha em perigo. São as chamadas plantas de interior. As melhores plantas de interior são as que procedem de climas subtropicais, de desenvolvimento lento, com grandes períodos de repouso e sem necessidade de sol directo nem de muita luz. Apesar de serem plantas que evaporam pouca água, devemos tê-las numa habitação com muito boas condições de clima, humidade, ar e luz.

Plantas de interior

Assim podemos dizer que as plantas de interior necessitam de ar puro, assim que devemos deixar as janelas abertas, sempre quando não existem correntes de ar frio ou quente que possam prejudicar as nossas plantas. Um truque para que a tua planta de interior se conserve melhor é que na época de primavera, tires elas dos seus vasos e ponhas terra nova, adicionando também um pouco de húmus vegetal para que a plante não sinta tanta falta da sua terra.

Algumas das plantas que se aclimaram melhor ao interior de nossas casas são: Azáleas, Gerânio, Onze-Horas, Violeta-Africana, Antúrio, Lírio-da-paz, Begónia, Jibóia, Palmeira-Ráfis, entre outras.

  

Condições de uso