Orquídeas » Cuidados das orquídeas


Para que floresçam, muitas espécies necessitam de mudanças de temperatura entre o dia e a noite (uns 10ºC de diferença). Dentro de casa pode-se conseguir essa diferença de temperaturas abrindo as janelas à noite para refrescar. Geralmente, as orquídeas necessitam de uma humidade ambiental alta. O ar seco das vivendas, acentuado pelo calor, é bastante prejudicial. É importante arejar diariamente o lugar onde estão as orquídeas, evitando sempre as correntes de ar frias, pois fazem mal à planta. A irrigação da planta é essencial. A frequência depende de muitos factores como a espécie de flor, a temperatura, a luz, a ventilação, etc. Por exemplo, quanto maior a temperatura e quantidade de luz, maior a necessidade de regar.

Cuidados das orquídeas Orquídeas: cuidados

Por norma, as orquídeas toleram melhor a falta de água do que o excesso.

Verifica se não há água estagnada pois pode provocar a morte das raízes.

Existem fertilizantes próprios para o cultivo das orquídeas e fazem bastante bem.

Estes fertilizantes também servem para quem cultiva plantas dentro de casa, mas apenas metade da dose deve ser usada.

Tem em conta que as orquídeas necessitam de pouco alimento e por isso o excesso de fertilizantes pode queimá-las e inclusive matá-las.

 

Condições de uso